Saae Ituverava-SP

Última Atualização do Site:
22/08/2017 09:11:41






RIO DO CARMO ESTÁ COM O NÍVEL MAIS BAIXO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS Enviar por e-mail  Imprimir esta notícia Receber por RSS
20/10/2014 08:21:12



Cartão-postal de Ituverava está praticamente sem água, em uma das secas mais graves da história

A água sempre foi um bem imprescindível para todos os tipos de vida, desde as plantas às pessoas, passando por insetos e animais. A falta levaria, em pouco tempo, ao fim da existência de qualquer tipo de ser. Sem água potável, portanto, o mundo estaria fadado à destruição.

A possibilidade de o planeta Terra ficar sem água sempre foi tratada como assunto dos filmes de ficção. No entanto, hoje é possível perceber que a realidade está muito mais próxima do que as pessoas pensam.

Quem viu recentemente a Cachoeira Salto Belo, no Rio do Carmo, pode comprovar. O nível do rio que abastece Ituverava é assustador. A Cachoeira Salto Belo, que é a própria história da cidade, que inclusive levou seu nome, pois Ituverava significa, na língua tupi-guarani, Salto Brilhante, agora é um amontoado de pedras com apenas filetes de água.

As pessoas que ainda não foram constatar a atual situação da cachoeira devem fazê-lo, pois, certamente, vão ficar estarrecidas ao comprovar o fato, e com certeza, a refletir sobre a necessidade premente de racionar a água o máximo possível, pois é preciso lembrar que água é vida, e o nosso rio está morrendo pela seca devastadora que estamos passando.

RacionamentoSem chuva há quase um mês, a cidade sofre com as elevadas temperaturas e está a um passo do racionamento, assim como ocorreu em outras cidades no Estado de São Paulo.

A saída, como fica evidente pela situação da cachoeira, é economizar. Muitas ações devem ser evitadas neste período; caso contrário, a situação ficará ainda mais grave. Se nada for feito, a cidade pode realmente ficar sem água para o consumo. A situação é assustadora, ainda mais por ser um perigo mais real do que nunca.

Rio do Carmo está com apenas 10% do seu volume de águaDe acordo com o superintendente do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Ivan Deienno, os dados da autarquia apontam que o volume do Rio do Carmo está em aproximadamente 10 % de seu volume médio.

Ele alerta que a situação é visivelmente preocupante. “A crista do barramento feito para elevação de nível no ponto de captação é o limite da lamina d’água nesta seção do Rio do Carmo, o que indica que se este nível baixar ainda mais o município poderá sofrer racionamento e até a falta de água”, afirma, em entrevista à Tribuna de Ituverava.

“Estudos para o racionamento já estavam sendo realizados para darmos inicio nos próximos dias, mas mediante as novas previsões de chuva para região, previstas para o início da próxima segunda-feira, dia 20 de outubro, aguardaremos os resultados para fazer uma melhor avaliação”, ressalta.

Projeto de LeiDeienno também anunciou que já foi elaborado um projeto de lei para inibir o uso abusivo de água em períodos de estiagem. “Ele deverá ser votado pela Câmara Municipal na próxima sessão plenária. Além disso, serão desenvolvidas campanhas de conscientização através de panfletos e pela imprensa escrita e falada”, destaca.

“Porém, acredito que a melhor campanha que é cada cidadão faça a sua parte e alerte seu vizinho sobre a gravíssima situação da cidade”, alerta Deienno.


Fonte: Assessoria de Imprensa

RIO DO CARMO ESTÁ COM O NÍVEL MAIS BAIXO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização.

 AO VIVO - As principais notícias da sua cidade
 22/01/15 - LAVAR CALÇADAS NO PERÍODO DE ESTIAGEM É PROIBIDO NA CIDADE
 29/10/14 - CIDADE PODE RACIONAR ÁGUA A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA
 20/10/14 - FALTA DE CHUVA PODE LEVAR ITUVERAVA A RACIONAMENTO
 20/10/14 - RIO DO CARMO ESTÁ COM O NÍVEL MAIS BAIXO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS
 29/09/14 - SUPERINTENDENTE DO SAAE FALA SOBRE ECONOMIA DE ÁGUA
 ARQUIVO - Acesse todas as notícias


Ituverava,
Busca

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba boletins informativos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.

Qual a sua opnião sobre o novo site?
Excelente
Ótima
Boa
Regular
Pode Melhorar

Veja o resultado